Como fazer um consórcio de motos? Vale a pena?

Quem está pensando em comprar uma motocicleta, já deve ter notado que existem algumas opções para essa aquisição. Uma delas é o consórcio para veículos. Esta é uma forma diferenciada de financiar o seu automóvel e conseguir sair com uma moto zero com algumas vantagens. Mas será que vale mesmo a pena optar por esse recurso?

O que é um consórcio de motos?

Quem já conferiu os lançamentos motos 2020 já deve ter notado que grande novidades tao por vir. As melhores marcas do mercado estão investindo bastante em segurança e tecnologia e por isso, muitos amantes de duas rodas estão pensando em comprar uma moto.

Para quem deseja efetuar o negócio, uma das opções mais utilizados do mercado é o consórcio. O recurso nada mais é do que uma forma de começar a financiar a longo prazo um bem.

O pagamento a longo prazo pode ser utilizado para comprar um carro, uma motocicleta, uma casa e até financiar festas de casamento e procedimentos estéticos caros.

Neste procedimento, a pessoa interessada escolhe quanto deseja pagar por mês e por quanto tempo. Assim, o investimento será revertido quando o seu negócio estiver disponível.

Como fazer?

Mas como você pode realizar o consórcio para a sua moto? Bem, digamos que você deseja comprar a nova Honda Bros 2020um dos modelos mais completos e com o melhor desempenho para este ano, será precisa procurar uma agência administradora de consórcio.

A agência irá avaliar a sua situação de crédito e definir valores e datas com você. Depois que os seus pagamentos começarem, você estará concorrendo ao sorte do consórcio.

As pessoas selecionadas pelo sorteio da administradora são convocadas para finalizar o financiamento com a sua carta de crédito. As condições são facilitadas e começando agora, você pode estar em pouco tempo com a Honda Biz 2020 estacionada na garagem, por exemplo.

Vale a pena?

Mas afinal, vale a pena optar pelo consórcio? Assim como todos os tipos de negociação, o consócio rá apresentar vantagens e desvantagens que irá depender da situação de cada investidor.

A grande vantagem que coloca este tipo de financiamento em destaque é que para o consórcio não há a cobrança de juros e fica a ritério do pagador o valor a ser pago.

O ponto negativo do recurso é que tanto faz ser sorteado no primeiro mês, como esperar bastante pela aprovação do seu crédito. Portanto, não vale a pena para quem tem pressa em adquirir a moto!